No C#, normalmente não podemos declarar um nome de variável idêntico às palavras reservadas, por exemplo:

Porém podemos utilizar um artifício da linguagem para permitir este tipo de declaração, no caso, usar “@” na frente do nome da variável. Por exemplo

A partir daí sempre que for utilizar a variável deve utilizar o arroba na frente. Por exemplo:

Este recurso também funciona para a declaração de nomes de tipos, por exemplo:

(Aproveitando a sugestão do Fabian Gehrke, um exemplo prático de quando o recurso poderia ser aplicado.)

Este recurso pode ser útil quando o vocabulário de negócio conflita com as palavras reservadas. Exemplificando, em um sistema de gerenciamento de eventos poderia haver a necessidade de uma variável ou parâmetro com o nome de “event”, porém como “event” é uma palavra reservada. Neste caso podemos utilizar o arroba como uma alternativa, conforme o exemplo a seguir:

Por hoje era isso!

Rafael Leonhardt